CONVENTO DE CRISTO CLAUSTRO DO CEMITÉRIO

My Image

VISITA VIRTUAL 360º

Cemetery Cloister

Built by the archiect Fernão Gonçalves when the Infante D.Henrique (Prince Henry) was Governor and Administrator of the Order of Christ (1420-1460), it was remodelled at the beginning of the 17th century (Filipian period). It served as ground for religious processions and the burial of the friar knights. Arcosolia built in the cloister house the tombs of D.Diogo da Gama (¥1523), Baltazar de Faria (¥1584) and Pedro Álvares Seco de Freitas (¥1599).

Claustro do Cemitério

Foi este o primeiro dos claustros do Convento a ser construído e a sua realização remonta ao Infante D.Henrique, seu governador e perpetuo administrador, por nomeação em 1420. A necessidade de novas funcionalidades conventuais levou o Infante a intervir na ilharga norte da Charola. Este claustro destinou-se a servir de cemitério aos religiosos e cavaleiros da Ordem, que anteriormente eram sepultados na ermida de Santa Catarina, à esquerda da entrada Porta do Sol no castelo ou no terreiro da igreja manuelina. Os grão-mestres anteriormente sepultados na Igreja de Santa Maria dos Olivais, também passariam a ser aqui seupultados. Neste claustro foram abertos arcossólios para túmulos de D.Diogo da Gama (p1523), Baltazar de Faria (1584) e Pedro Alvares Seco de Freitas (1599). O projecto é de Fernão Gonçalves, cuja assinatura em grafia gótica ficou gravada na base de uma das suas colunas. Foi remodelado nos inicios do século XVII (reinado Filipino). A parede lateral é coberta por azulejos azuis e brancos de desenho orientalizante. Os espaços adjacentes deste claustro (Sacristia Velha, Sacristia Filipina, Capela dos Portocarreiros) são adicionados entre os reinados de D.Manuel I e Filipe II de España.



My Image
My Image